5 dicas para congelar os alimentos em casa

5 dicas para congelar os alimentos em casa

Frutas vermelhas congeladas com o saco ZIP wyda

Para que você consiga aumentar a durabilidade dos alimentos sem perder sua qualidade, o congelamento deve ser feito de maneira correta. E para que você consuma refeições mais saudáveis, é preciso fugir dos industrializados e cozinhar em casa. Assim, além de mais sabor, você controla melhor as porções e o tempero.

É hora de descobrir:

1: Nem toda fruta pode ser congelada

Para realizar o congelamento de frutas, é preciso se atentar aos tipos que se adequam bem a esse processo. É o caso das frutas vermelhas, como cerejas, morangos e framboesas, que podem ser consumidas in natura após saírem do freezer. 

No entanto, não é recomendado o congelamento de frutas com maior concentração de água, como melancia e melão – que podem ficar molengas após descongelarem. Outro caso são as frutas que escurecem, como pera e banana. 

2: Faça da técnica de branqueamento sua melhor amiga

Essa é a melhor forma de congelar hortaliças e mantê-las próprias para consumo por mais tempo. A técnica de branqueamento consiste em escaldar em água fervente e, em seguida, mergulhar em um recipiente com água e gelo. 

Mas para que dê certo, vale secar bem todas as hortaliças, evitando a formação de cristais que podem comprometer a qualidade desses vegetais.

3: Utilize uma embalagem adequada

É fundamental utilizar a embalagem correta para congelar os alimentos em casa. Para isso, vale investir em sacos plásticos apropriados para alimentos, além do filme de PVC, folhas e embalagens de alumínio.

Essa é uma alternativa simples e prática para congelar e descongelar os alimentos. Afinal, você garante que não haja contaminação, otimiza o espaço do congelador e ainda diminui a quantidade de louça para lavar. Tudo isso, sem agredir o meio ambiente. 

Mas para que essa alternativa seja um sucesso, vale fazer com que o espaço seja ideal para cada tipo de alimento, sem deixar muito ar no interior. Assim, os cristais de gelo não se formam, o que diminui o tempo de vida do prato.

4: Vá com calma no tempero

Se você vai congelar a marmita, é importante segurar o tempero, pois quando a comida passa por esse processo, os temperos utilizados podem ter seu sabor acentuado. Para que o prato fique perfeito, vale reduzir o cozimento. Outro ponto importante é evitar o congelamento de comidas já fritos, pois podem perder a crocância.

5: Evite recongelar 

Esse hábito é comum entre muitos, mas traz grandes riscos à saúde. Afinal, quando um alimento é descongelado e congelado novamente, há um aumento da quantidade de bactérias, que pode causar intoxicação em quem ingeri-lo. 

Por isso, para evitar que haja um descongelamento de uma quantidade além do necessário, faça o porcionamento dos seus alimentos e os embale em recipientes adequados. 

Conte com a Wyda para facilitar seu dia a dia na cozinha e manter seus alimentos prontos para consumir com mais sabor e qualidade. Nossa linha supermercado – alumínio e não alumínio – foi criada para otimizar seu tempo e aumentar a conservação dos alimentos. Facilite a sua vida com a Wyda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Registration

Forgotten Password?