Você separa o lixo em casa? Veja dicas práticas para ser mais sustentável

Você separa o lixo em casa? Veja dicas práticas para ser mais sustentável

Dicas para separar o lixo em casa

Você sabe separar o lixo corretamente na sua casa? Pequenas atitudes fazem uma grande diferença ao planeta e ainda contribuem com a economia do país. Embora essencial, a reciclagem ainda é um hábito que precisa ser construído na maioria dos lares.

Mas com esse pequeno gesto, materiais feitos de vidro, plástico e papel voltam a ter circulação no mercado e as retiradas de matéria-prima da natureza diminuem, gerando ainda economia de água e energia e reduz a disposição inadequada do lixo. Além disso, é fonte de renda para os catadores.

Vamos dar como exemplo o alumínio – você sabia que quando reciclado ele necessita 20 vezes menos energia elétrica que se fosse produzido a partir do minério virgem? Já uma sacola plástica, quando descartada de forma incorreta pode levar até 100 anos para se decompor na natureza. 

Veja agora como separar o lixo reciclável corretamente em casa e adote atitudes mais sustentáveis no seu dia a dia!

Lixo orgânico e reciclável devem ser separados

A regra primordial que não pode ser quebrada é essa separação do que é orgânico e reciclável. Mais que separar as sobras, é recomendável que você lave as embalagens recicláveis, evitando o acúmulo de mosquitos. 

Uma dica para não desperdiçar água e facilitar a limpeza, deixe as embalagens dentro da pia, para que sejam lavadas com a água utilizada para a louça. Outra ideia é aproveitar o guardanapo usado para limpar as embalagens antes de lavar.

No caso do papel, quando ele estiver muito sujo é preferível jogar no lixo orgânico, pois ele absorve o resíduo e na maioria dos casos não pode ser reciclado. 

Vidro quebrado, cuidado especial

O vidro quebrado também pode ser reciclado, porém a recomendação é que você separe dos demais e embrulhe-os em algum papel (tipo jornal) ou coloque-os em alguma caixa para evitar que os coletores ou qualquer outra pessoa se machuque.

Exemplos de materiais que podem ser recicláveis

Não é só na cozinha que você vai achar material que pode ser descartado no lixo reciclável. potes, garrafas e embalagens de plástico e vidro, papel sulfite, jornais, papelão, revistas, embalagens de metal, materiais de ferro, garrafas pet, sacos plásticos, canos de plástico ou metal, tecidos, couro, fios elétricos, pregos, parafusos e até mesmo alguns equipamentos eletrônicos também podem ser separados com esta finalidade. 

Já materiais como papel carbono, papel celofane, etiquetas e fitas adesivas, fotografias, latas de tinta e verniz, espumas, cabo de panela, esponjas de limpeza, embalagens de produtos tóxicos, vidros temperados, esponjas de aço, embalagens metalizadas, espelhos, vidros, porcelana, cerâmica, cristais e isopor não são recicláveis e devem ser separados. 

Apoie marcas a favor da sustentabilidade

Atitudes sustentáveis devem ser apoiadas. Por isso, pesquise as marcas que consome e veja se elas possuem alguma ação sustentável. Aqui na Wyda, por exemplo, nossa preocupação com o meio ambiente se reflete em todas as nossas produções – com produtos sustentáveis e recicláveis, a favor da sua praticidade e da preservação do planeta. 

Quer saber mais sobre a nossa linha completa de produtos? Confira nossa loja virtual e aproveite para garantir o que você procura, sem precisar sair de casa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Registration

Forgotten Password?